NOTA DE ESCLARECIMENTO - ABCFAV

3 de Fevereiro de 2017 às 14:55

        Comunicado - ABCFAV  n° 001/2017                                       

São Paulo, 17 de janeiro de 2017.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Em razão de inúmeras mensagens escritas e por áudio que estão sendo compartilhadas em redes sociais e aplicativos de celular, como o WhatsApp, sobre supostas mudanças drásticas na formação e reciclagem do vigilante, a ABCFAV – Associação Brasileira de Cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Vigilantes, vem a público esclarecer que a informação é falsa. São meros boatos sem nenhum fundamento ou amparo legal.


Dentre os principais absurdos, está circulando nas mensagens: que a formação do vigilante terá mais tempo de duração, por volta de dois meses e alguns dias; que a reciclagem passaria de 05 para 10 dias corridos; que as disciplinas sofrerão alterações pesadas passando a terem maior rigor, com nota de corte subindo de 06 para 07.

Na sequência, a mensagem informa que as regras já valem para as próximas reciclagens e recomenda que os vigilantes estudem para não terem problemas de reprovação, além de outros absurdos, como supostas mudanças na nomenclatura para Policia Privada e por ai segue com outras inverdades, que tem apenas o condão de tumultuar ou causar pânico no nosso segmento.

A mensagem por áudio cita ainda o absurdo do vigilante com reciclagem vencida permanecer no posto até a mudança da empresa. Ora, qualquer pessoa do nosso segmento sabe que isso é absolutamente inadmissível na categoria, uma vez que o vigilante com reciclagem vencida não pode atuar um dia sequer até que providencie a sua renovação.

Assim, em função da rápida disseminação das mensagens, várias empresas e profissionais estão procurando a ABCFAV para tirar satisfação sobre a veracidade dessas informações.

Desta forma, cumpre-nos esclarecer que no final de 2016 a Câmara Federal aprovou o Estatuto da Segurança Privada, que seguirá para apreciação do Senado e posteriormente para sanção ou veto presidencial.

O referido Estatuto, se sancionado nos termos atuais, trará diversas mudanças positivas, como reconhecimento de novas funções, cursos e reciclagem para Supervisores, etc., gerando assim mais empregos e nivelando a categoria por cima.

A Polícia Federal, através da Coordenação de Segurança Privada e suas DELESP´s, bem como as Confederações Nacionais dos Vigilantes, a FENAVIST, a ABCFAV, os Sindicatos Patronais e Laborais jamais permitiriam quaisquer mudanças que resultassem em prejuízo aos nossos homens e as nossas famílias.

A grade curricular será mantida nos termos atuais, inclusive com previsão em lei (Estatuto da Segurança Privada) e não mais em portaria, portanto, terá muito mais força.

As Escolas e Academias de Formação de Vigilantes são homologadas e devidamente autorizadas a ministrar o curso, avaliar os candidatos ou vigilantes no caso de reciclagem, com base nas regras da própria Polícia Federal, não cabendo nenhuma interpretação ou mudança da regra por parte das Escolas / Academias. 

Sugerimos ainda que façam uma busca no Site da Policia Federal. www.dpf.gov.br / Segurança Privada / Leis e Portarias. Ficará claro que tudo não passa de inverdades, pois lá nada encontrarão sobre essas alegadas mudanças.

O único item que podemos aproveitar dessas mensagens e áudio é a necessidade constante de estudarmos, pois o conhecimento é o bem mais valioso do homem “Bem-aventurado o homem que encontra sabedoria, e o homem que adquire conhecimento, pois ela é mais proveitosa do que a prata, e dá mais lucro do que o ouro” (Pv. 3.13,14).

Concluímos que em breve teremos diversas mudanças POSITIVAS, com a manutenção das mesmas cargas horárias que trabalhamos nos dias atuais.

Portanto amigos, se vocês receberem a mensagem com essas notícias falsas, pedimos que a desconsiderem, e em razão alguma a repasse ou a compartilhe.

 

Atenciosamente,

Ricardo Tadeu Correa, ASE

Presidente