Assembleia Geral da Fenavist acontece em Brasília

23 de Maio de 2017 às 11:17

No dia 16 de maio, o Conselho de Representantes da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) se reuniu em Brasília para discutir assuntos de grande importância para o segmento, como a perda de postos de trabalho nos últimos dois anos.

Os conselheiros presentes à Assembleia deixaram claro a preocupação com os rumos que o segmento tem tomado devido a crise econômica.  São mais de 60 mil postos de trabalho fechados desde 2015. Nesse sentido, as implicações e os caminhos para mudar esse cenário foram debatidos. Assim como a necessidade de se intensificar ainda mais o combate às empesas clandestinas.

Outro tema bastante discutido foi a possibilidade do aumento do valor do PIS e da COFINS. Os empresários externaram a preocupação caso o Congresso aprove a mudança. Os novos valores prejudicariam de forma decisiva vários segmentos econômicos, incluindo a segurança privada.  Com isso, ficou decidido que a Fenavist e os sindicatos que representam o segmento vão continuar trabalhando ao lado da Central Brasileira do Setor de Serviços (Cebrasse) para tentar evitar que os parlamentares levem a proposta adiante.

Também foi discutido a Reforma Trabalhista, que atualmente tramita no Senado, e o Estatuto da Segurança Privada. A Assessora Parlamenta da Fenavist, Cléria Santos, fez um resumo para os participantes da atual situação do projeto e quais os próximos passos. Sob relatoria do Senador Vicentinho Alves (PR-TO), o Estatuto aguarda aprovação da Comissão de Assuntos Sociais.

O Projeto de Lei 6814, que Institui normas para licitações e contratos da Administração Pública, e a sincronia de mandatos entre os sindicatos e a Fenavist também foram discutidos.

Ascom/Fenavist