DF anuncia edital de R$ 555 milhões para contratar 7,4 mil seguranças

26 de Abril de 2016 às 15:53
Jardim ao lado do Palácio do Buriti, sede do GDF, no Eixo Monumental, em Brasília (Foto: Lucas Nanini/G1)

Trabalhadores farão segurança patrimonial; valor é de gasto anual.
Eles atenderão 65 órgãos do governo em mais de 800 endereços.

O governo do Distrito Federal anunciou edital nesta terça-feira (26) para contratar 7.410 trabalhadores para fazerem a segurança patrimonial do Estado ao custo de R$ 555,7 milhões por ano. O aviso de abertura do certame foi publicado no Diário Oficial. Os postos atenderão a Secretaria de Planejamento e outros 64 órgãos do Executivo local.

De acordo com o GDF, a Secretaria de Saúde atualmente está sem contrato e passará a contar com 1.324 postos de vigilância – para cada posto há dois profissionais. Os trabalhadores ficarão distribuídos em mais de 800 endereços em toda a cidade. O gasto do GDF com cada funcionário por mês será de cerca de R$ 6,2 mil.

A contratação ocorrerá por meio de registro de ata de preço. Entre as vantagens, de acordo com o governo, está o fato de a modalidade possibilitar ganho em escala, padronização, transparência e celeridade às licitações.

Regras da modalidade
Pelo sistema de registro de preços, o governo promove um pregão para cadastrar fornecedores em potencial. São firmadas atas de registro de preços, em que se especificam o bem, o preço e a quantidade disponível, entre outras informações.

O vencedor da licitação fica obrigado a manter o preço registrado por um prazo acordado, de no máximo cinco anos. A prestação do serviço ocorre de acordo com a necessidade dos órgãos públicos.

Com isso, afirma GDF, não há obrigação de compra por parte do governo. A contratação se dá somente quando conveniente aos órgãos e não necessariamente será gasto o valor total previsto na ata, diz.

Fonte: Portal Globo de Notícias - G1 

Link de acesso: http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/04/df-anuncia-edital-de-r-555-milhoes-para-contratar-74-mil-segurancas.html

Redação FENAVIST
Flávia Di Ferdinando
Lorena Braga